O Homem como Invenção de Si Mesmo: Monólogo em Um Ato

O Homem como Invenção de Si Mesmo: Monólogo em Um Ato

Ferreira Gullar

Language:

Pages: 34

ISBN: 2:00326712

Format: PDF / Kindle (mobi) / ePub


The literal translation of the title would be something like "The man as a self invention: Monologue in one act". It's a 2012 play by one of the biggest names in Brazilian's 20th century poetry, Ferreira Gullar, the author of "Dirty Poem" (here on Bib there's an English translation of it).

Consagrado poeta brasileiro, vencedor dos mais importantes prêmios literários e candidato ao Nobel de Literatura 2012, Ferreira Gullar, no monólogo em um ato O homem como invenção de si mesmo, através de uma linguagem bem-humorada, leve e contemporânea, levanta questionamentos como fé, instituições, sociedade e realidade. Em suas próprias palavras, Gullar diz que “essa teoria consiste em afirmar que a vida é inventada e que nós mesmos nos inventamos.”

The Poisoned Crown (The Accursed Kings, Book 3)

Disco Pigs and Sucking Dublin

If Only You Knew (Hotlanta, Book 2)

The Collected Plays

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

quem vive na natureza é macaco, onça, jacaré. Nós não, nós vivemos na cidade, que foi inventada por nós, construída por nós. A cidade é o contrário da natureza, pois tudo nela foi criado e feito pelo homem, desde os edifícios e os viadutos até a iluminação elétrica, os veículos, o rádio, a televisão, as lojas comerciais, os parques de diversões, os cinemas, os teatros, tudo. E a infraestrutura das cidades, já pensou? É um troço fantástico: imaginem só a quantidade de equipamentos, a fiação

dramáticos da guerra foi a morte de Heitor por Aquiles, após um duelo que os levou a dar três voltas em torno da cidade. Seria isso um exagero do poeta? Não, é que Troia era mais ou menos do tamanho de um quarteirão de Copacabana e suas invencíveis muralhas tinham apenas seis metros de altura. A Guerra de Troia, portanto, pelo número de combatentes e o objetivo em disputa, teve menos expressão militar que um cerco da polícia a uma favela carioca. E não obstante a tomada de Troia tornou-se parte

http://www.livrosepessoas.com/2012/12/08/talento-e-fundamental-mas-nao-e-suficiente-diz-poeta-2000-2012-todos-os-direitos-reservados-ao-valor-economico-s-a-verifique-nossos-termos-de-uso-em-httpwww-valor-com-br/ • Resenha do livro: http://sibila.com.br/critica/ferreira-gullar-e-a-inutil-reinvencao-de-um-mito/9472 • Artigo sobre o autor na Wikipédia: http://pt.wikipedia.org/wiki/Ferreira_Gullar • Biografia do autor: http://www.releituras.com/fgullar_bio.asp

Jean de Léry, que viveu entre os tupinambás no século XVI, na região onde hoje é o Rio de Janeiro, conta que assistiu a uma batalha envolvendo mais de quatro mil índios, todos nus, sem qualquer proteção no corpo. O embate foi numa praia e eles vinham berrando com uma ferocidade assustadora, brandindo seus tacapes e bordunas. O francês nunca esqueceu o espetáculo deslumbrante que foi aquela chuva de flechas enfeitadas de penas coloridas, os embates dos corpos e o sangue que jorrava. Finda a

sensibilidade musical acha Villa-Lobos um chatola... Não é por acaso que a música popular é mais popular, que histórias românticas têm mais leitores, que as comédias agradam mais que as tragédias... Se a gente pensa bem, a obra cria seu público, seleciona aqueles que se identificam com ela, para os quais ela fala alguma coisa que eles necessitam ouvir ou que lhes dá prazer ouvir. Por mim, confesso que há escritores considerados importantes que eu não consigo ler. Música também. Certo tipo de

Download sample

Download

Comments are closed.